Border Collie: saiba tudo sobre essa raça incrível!

Border Collie

 

Quando se pesquisa sobre raças de cães, sem dúvidas o Border Collie faz parte dos mais populares. Extremamente fofo, inteligente e dócil, ele conquista cada vez mais famílias. Porém, é preciso conhecer bem as características do animal antes de decidir se ele é a melhor escolha para o seu estilo de vida e perfil familiar.

Exatamente por isso, preparamos este guia completo sobre essa raça. Continue a leitura para entender a história, as características, os cuidados necessários com esses cachorros e muitos mais!

Apito e Clicker Whizzclick com o melhor preço do mercado você encontra aqui. Confira!

 

Conheça a história do Border Collie

O Border Collie é um cão pastor, muito utilizados por fazendeiros para ajudar na criação de ovelhas e outros tipos de rebanhos, sendo que os primeiros registros sobre a raça datam de 1700. A criação seletiva, visando atender às necessidades dos criadores, ajudou a moldar a raça para que ela tivesse a personalidade atual, sendo que o seu padrão foi estabelecido apenas em 1906.

Eles chegaram na América no século XIX, ainda utilizado como cão pastor, mas a sua personalidade faz com que ele se tornasse bastante comum em residências como animal de estimação. Na mesma época, ele também era uma opção comum de pet entre a nobreza inglesa.

Assim, é muito comum que ele seja escolhido pelas pessoas que buscam um companheiro para o dia a dia. Para recebê-lo em sua casa, vale a pena investir em alguns produtos para criar um ambiente seguro, aconchegante e divertido. Conheça algumas opções!

Qual a origem do Border Collie

Ele surgiu na Grã-Bretanha e o nome da raça foi dado em homenagem à região de Borders, que fica entre a Escócia e a Inglaterra, onde ele mais comum. O nome oficial foi dado apenas em 1915, sendo que antes eles eram chamados de forma genérica como sheepdogs, traduzido como pastores de ovelha devido à sua utilização nesses locais.  

Principais características da raça Border Collie

história do Border Collie

Você já teve dúvidas sobre como saber se o cachorro e da raça Border Collie? Isso é bastante comum, já que é preciso ter segurança no momento de escolher o seu companheiro. Aprenda algumas das principais características!

Expectativa de vida

A expectativa de vida do Border Collie varia entre 12 e 15 anos, dependendo das condições de saúde e hábitos. Por isso, é fundamental que o tutor adote todos os cuidados necessários para manter o pet saudável, garantindo vacinas, alimentação de qualidade, exercícios físicos e visitas ao veterinário para fazer check-ups periódicos.

Tamanho e peso

A raça de cachorro Border Collie é de porte médio e atlético, com corpo musculoso, o que proporciona bastante agilidade, força e muita resistência. A média de altura varia entre 50 a 58 cm, com peso que varia entre 13 e 20 kg, e as fêmeas costumam ser um pouco menores.

Cores da raça

Os pelos podem ser curtos ou moderadamente longos, sendo macios e densos. Ele pode ter várias cores ou combinações, inclusive com cães tricolores. Em geral, elas combinam preto, branco, creme ou chocolate, que também podem ter nuances das cores azul, lilás, cobre ou vermelha. 

Personalidade e temperamento do Border Collie

temperamento do Border Collie

Os cães da raça Border Collie são conhecidos pela postura alerta e ansiosa, demonstrando interesse nas coisas ao seu redor. Também é bastante receptivo e afetuoso quando ele já tem um relacionamento próximo com a pessoa, mas pode ser mais reservado com estranhos. 

Bastante brincalhão, ele costuma se dar bem com crianças, mas pode ter algumas limitações com outros animais. Além disso, ele é dócil e muito fiel, o que faz com que ele se mantenha alerta para protegê-los.

Para quem mora em apartamento, apesar de ser adaptável e amigável, é preciso ter atenção, pois ele pode latir bastante. Ele serve como cão de guarda e exige exercícios frequentes, especialmente diante de seu porte e as próprias características da raça. Então, se não tiver espaço em casa, prepare-se para fazer vários passeios. 

Inteligência

Um dos motivos que tornam essa raça tão procurada é a sua inteligência. O Border Collie foi considerado o cão mais inteligente no livro “A inteligência dos cães”, escrito por Stanley Coren, um psicólogo especialista nesses animais que abordou a capacidade cognitiva dos bichos.

A publicação foi resultado de longas pesquisas que considerou o retorno fornecido por Kenel Clubes dos Estados Unidos e do Canadá e classificou mais de 100 raças de cachorros, considerando, principalmente, aspectos relacionados à resposta por comandos. 

É importante lembrar que o conceito de inteligência canina é bastante subjetivo, já que está mais relacionada ao adestramento. Porém, existem outras características importantes no animal, como obediência, necessidade de atenção, apego aos donos, independência, entre outros.

Como cuidar de um Border Collie

cuidados com border Collie

Saber como cuidar do cão é um dos pontos fundamentais para que ele se mantenha saudável e tenha uma boa expectativa de vida. Por isso mesmo, listamos os principais pontos de atenção, confira!

Higiene

Esse é um cachorro bastante independente, então ele adota alguns cuidados em relação à própria higiene que reduzem a necessidade de banho. Normalmente, eles podem acontecer a cada 3 meses, exceto caso ele fique sujo com terra, lama e outros resíduos mais pesados. Todavia, é preciso ter atenção para não exagerar, pois isso pode causar irritações na pele, principalmente se forem utilizados produtos não recomendados para a raça.

Alimentação

Você sabe qual a ração mais indicada para Border Collie? O ideal é comprar rações super premium desenvolvidas para cães de porte médio, sempre considerando a sua idade: existem opções para filhotes e adultos de diferentes faixas. Para receber melhores dicas sobre marca e quantidade de ração por refeição, consulte um veterinário. 

Outro cuidado referente à alimentação é deixar sempre à disposição do cachorro um pote com água limpa e fresca, para que ele consiga se manter hidratado. Evite alimentos gordurosos e doces, pois eles causam obesidade e outros problemas de saúde. 

Saúde e bem-estar

A raça costuma ter uma boa saúde, mas é importante fazer o acompanhamento com um médico veterinário para prevenir problemas e garantir o diagnóstico precoce de qualquer doença. Existem algumas anormalidades mais frequentes nesses cães, como:

  • neutropenia cíclica canina, uma doença hereditária que afeta o sistema imunológico;
  • Collie Eye Anomaly (CEA), também genética, que pode prejudicar a visão;
  • Displasia coxofemural: uma má formação que afeta os ossos do quadril;
  • osteocondrose: atrasa a transformação da cartilagem em osso e pode deixar a região fragilizada.

A atenção médica é fundamental para evitar que os problemas evoluam para os estágios mais avançados, proporcionando maior qualidade de vida para o animal. 

Socialização

A socialização dos pets ajuda a desenvolver características importantes da personalidade, então se torna bastante benéfica desde os primeiros dias. Isso ajuda a estimular as interações e faz com que ele tenha mais tranquilidade para lidar com as diversas situações que surgem no dia a dia.

Exercícios físicos

É fundamental que os cachorros façam atividades físicas diariamente para que o cão tenha mais qualidade de vida — lembre-se de que ele era um cachorro usado para pastoreio, o que exigia corridas por diversos lugares. Ele é bastante ativo e agitado, então é preciso proporcionar espaço e horários para que ele consiga gastar energia. 

Se possível, ele deve ter cerca de 90 minutos de atividades por dia, que podem incluir coisas simples como jogar brinquedos e bolas. Isso também exige atenção redobrada às patas, para ver se não aconteceram lesões após o cão se exercitar. 

Como cuidar de um filhote de Border Collie?

filhote de Border Collie

Se você decidiu comprar um cãozinho da raça, os cuidados são mais simples. Eles são entregues após a conclusão de algumas etapas, como o desmame, a partir da 4ª semana, e o afastamento da mãe e dos irmãos, que costuma ser finalizado com cerca de 90 dias. O prazo varia de acordo com o criador, mas quando o pet é entregue aos tutores ele já estará preparado para comer ração. 

Mesmo que o temperamento da raça seja amigável, vale a pena começar a socialização desde o início, garantindo contato com outras pessoas e animais. Isso fará com que ele se torne um adulto com mais confiança e uma personalidade dócil. 

Também é importante consultar um veterinário para ele avaliar a saúde do animal e iniciar as vacinas. A mais importante é a polivalente, que pode imunizar contra 8 ou 10 doenças (V8 e V10, respectivamente), feita em 3 doses com intervalos de 1 mês, além do reforço anual. Aos 4 meses, ele também deve tomar a vacina antirrábica.

Além dessas, existem outras vacinas que podem ser administradas nos cães, então converse com o veterinário para entender se elas são indicadas para o seu pet e conferir o calendário de vacinação. 

Principais dúvidas e curiosidades sobre a raça Border Collie

Para que você não fique com nenhuma dúvida sobre os cães da raça Border Collie, separamos as principais perguntas e respostas sobre o tema. Veja só!

Qual a cor mais rara de border collie?

A cor mais rara é a cinza lobo, que conta com uma base branca e a ponta escura, que também pode ter uma variação tricolor, com alguns traços em dourado na pelagem. A mistura de branco e marrom também não é muito comum, pois exige que os pais tenham a mesma coloração.

Qual a melhor idade para adestrar um border collie?

O ideal é que o adestramento tenha início entre os 3 e os 6 meses do cão, pois nessa idade ele já tem o cérebro bem desenvolvido para entender as ordens. Esse é um processo longo e alguns comandos só podem ser aprendidos com mais idade, sendo que os treinos profissionais devem ter início apenas após o cachorro completar um ano. 

Quantas vezes um Border Collie pode comer por dia?

Você pode alimentar o cachorro cerca de 3 vezes ao dia, mas é preciso ter atenção à quantidade de alimento, que deve corresponder a 5% do seu peso. Para não errar, conte sempre com a indicação profissional sobre as melhores práticas para as refeições do seu pet.  

Border Collie pode viver em apartamento?

A raça não é indicada para quem mora em apartamentos ou lugares com pouco espaço porque eles precisam se movimentar bastante para gastar energia. Nesse caso, os donos precisam ter uma rotina bem definida para que o animal não fique muito tempo sozinho e tenha oportunidades para correr em áreas livres, como praças e espaços comuns do condomínio, se for o caso. 

Qual o preço do Border Collie?

Se você se interessou por esse cão, deve estar se perguntando quanto custa um filhote de Border Collie. Tudo dependerá do canil responsável e a linhagem do animal, mas o valor costuma variar entre R$ 1.500 e R$ 4 mil. Porém, é fundamental verificar se o local é confiável e se ele adota os cuidados necessário com os animais.

Infelizmente, existem pessoas que trabalham com a reprodução de cachorros, mas não estão devidamente registradas nas sociedades de cinofilia e não aplicam as medidas necessárias para o bem-estar dos animais. Como resultado, muitos são alvo de maus tratos. Assim, antes de comprar, sempre pesquise com atenção para escolher um canil de confiança. 

Border Collie late muito?

Os cães dessa raça têm uma grande tendência ao latido, então não costumam ser muito silenciosos. Outro motivo que faz com que ele não seja muito indicado para famílias que vivem em apartamentos, pois podem trazer incômodos para os vizinhos.

Use produtos que são a cara do seu pet. Álcool Gel 70% Com Capinha Border Collie. Preço especial. Confira!

O Border Collie solta muito pelo?

Eles sofrem com uma perda de pelos periódica, então é necessário escovar a pelagem duas vezes por semana para retirar os fios mortos. Aqui, é fundamental utilizar acessórios específicos para cuidar dos pelo da melhor forma. 

Conhecendo as características da raça, ficará mais fácil saber se esse é o cão ideal para a sua família e adotar todos os cuidados necessários para que ele fique mais saudável. Para ajudar nessa tarefa, vale a pena conhecer as opções da New York Pets. Contamos com um portfólio incrível para atender as necessidades do seu animal de estimação!

Então, este post esclareceu as suas dúvidas sobre o Border Collie? Esperamos que as nossas dicas ajudem a escolher o melhor companheiro para a sua família!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Menu Principal